Terapia e Ansiedade

Como as pessoas muito ansiosas pensam? Como a ansiedade exagerada pode atrapalhar várias áreas de sua vida? 

Como as pessoas muito ansiosas pensam? Como a ansiedade exagerada pode atrapalhar várias áreas de sua vida? 

O ansioso pensa exaustivamente em tudo que pode acontecer no futuro. Sua mente é bombardeada por uma reação em cadeia de perguntas: “E se isso acontecer?” que geram inúmeras dúvidas e incertezas.

Angustia insuportável

Quanto mais a pessoa procura uma resposta certa mais aumenta sua insegurança.  É um processo mental bastante angustiante e doloroso. O sofrimento é constante, intenso e difícil de parar sozinho sem um suporte terapêutico que ensine a pessoa a lidar de uma forma positiva, construtiva e saudável com a sua ansiedade.

Vamos ver a seguir como a ansiedade pode atrapalhar várias áreas da vida de uma pessoa?

Trabalho = Ansiedade aumenta stress e diminui concentração, foco e produtividade

1) Trabalho: O ansioso vive se preocupando. Pensa: “Não vai dar tempo de terminar esse relatório. Meu chefe ficará furioso. Vou ser demitido”. Essa lógica mental acontece em segundos e já gera ansiedade. O ansioso descarta fatos reais que contradizem sua previsão catastrófica. Parece que usa um óculos que só vê e procura por fatos na realidade que comprovarão o cenário trágico que está imaginando ou prevendo no futuro. Consequentemente, sofre muito por isso diariamente.  No longo prazo, a produtividade diminui no trabalho, pois as preocupações diárias são esmagadoras e acabam atrapalhando o foco, a concentração e o raciocínio nas tarefas que precisam ser cumpridas no dia.

Relacionamento Amoroso = Ansiedade gera muita tensão e clima pesado

2) Afetiva: Imagine que são 7 horas da manhã. O ansioso vê a quantidade de trabalho que tem pela frente no dia e pensa: “Não vou conseguir chegar a tempo em casa hoje. Minha esposa tinha pedido isso para mim. Ela ficará chateada novamente comigo” Ao chegar em casa, a esposa está emburrada porque teve um dia ruim. O ansioso já interpreta antecipadamente que ele é o culpado pela cara feia da esposa e já atira as pedras: “Você não me entende. Tenho muito trabalho!”  Essa maneira de agir acaba gerando muito desgaste. Se o ansioso não mudar a sua mente a relação será cada vez mais pesada. É difícil conviver assim. Portanto, a ansiedade mal gerenciada é um veneno contra a manutenção e alimentação de uma relação amorosa.

Relacionamento familiar = Ansiedade desgasta as relações

3) Família: Em um almoço de domingo, um pai ansioso pensa: “Meu filho não chegou até agora. O que será que aconteceu?; Por que ele não atende o celular? Será que sofreu um acidente no caminho? Fica pensativo e tenso.” Quando o filho chega, o pai já está bufando de raiva e desesperado. Consequentemente, dá uma bronca desproporcional no filho. O ansioso não conta com imprevistos. Busca incessantemente por uma vida segura e sem sustos. Situações inesperadas o aborrece profundamente. Dessa forma, a vida em família, aos poucos, se torna intolerável, recheada de mágoas e rancor.

Estudos = A ansiedade diminui a atenção e o rendimento nos estudos

4) Estudos: O estudante pensa: “É impossível estudar tudo. Então, com certeza, não vou passar na prova. Nem adianta estudar mais. Estou vendo que é muito conteúdo e não vai dar tempo.” A preocupação antecipada destrói a motivação do estudante ansioso. Ele fica cada vez mais cansado e desanimado. Consequentemente, há um declínio vertiginoso no seu rendimento acadêmico em razão desse padrão mental gerado por sua ansiedade.

Amigos = A ansiedade acaba com a diversão

5) Amigos: Imagine marcar um encontro com um amigo ansioso. Ele pensa: “Porque não marcam logo o lugar do encontro? Preciso me programar. Detesto ser pego de surpresa e ter que mudar os planos em cima da hora. Meus amigos são muitos desorganizados.” ou “Preciso pensar no melhor lugar para todos. Le sobre vários lugares e não chega a uma conclusão. A indecisão desgasta todos.” A falta de flexibilidade do ansioso bloqueia a espontaneidade nos encontros e acaba com toda a diversão.

Terapia Cognitiva = A ansiedade deixa de controlar você

Portanto, é importante driblar a tirania da ansiedade no dia-a-dia para se ter uma vida menos estressante, mais produtiva, leve e feliz. Uma das formas que o ansioso pode alcançar isso é por meio de uma terapia. Cientificamente, a Terapia Cognitiva tem estudando a mente dos ansiosos e já divulgou ótimos resultados. 

Viviane Sampaio. Psicóloga e Coach. Trabalha na Vila Mariana em São Paulo – SP. Whatsapp/celular: (11) 9-9808-3718, e-mail: vs@vivianesampaio.com.br ou skype clinicavivianesampaio

Compartilhar esta página

 

topo

© 2011 – 2021. Todos os direitos reservados - contato@vivianesampaio.com.br

design: thaisvilanova