Coaching e Metas

Todos temos várias metas. Entretanto, após um tempo, é comum desanimar e não conseguir concretizá-las. Portanto, “O que é preciso fazer para manter o foco e driblar o desânimo?”. A seguir, menciono algumas dicas para que ficar motivado para alcançar suas metas: 1)     A SUA META É ESPECÍFICA? = Se  a sua meta for […]

Todos temos várias metas. Entretanto, após um tempo, é comum desanimar e não conseguir concretizá-las. Portanto, “O que é preciso fazer para manter o foco e driblar o desânimo?”. A seguir, menciono algumas dicas para que ficar motivado para alcançar suas metas:

1)     A SUA META É ESPECÍFICA? = Se  a sua meta for muito ampla, ou vaga, o risco de você não alcançá-la é grande. Por exemplo, prefira metas, como: “Quero acabar este trabalho em 15 dias” a “Quero terminar este trabalho”.

2)    A SUA META DEPENDE EXCLUSIVAMENTE DO SEU DESEMPENHO? = Analise se a sua meta é um objetivo do seu chefe ou de outras pessoas, pois se o for, ao alcançá-la, você terá pouca satisfação pessoal. Por exemplo, prefira metas pessoais, como “Eu quero conseguir um aumento de salário em um ano” a “Quero que meu chefe pare de me perturbar sobre horário de trabalho”.

3)    A SUA META É REALIZÁVEL? = Sonhar é patrimônio humano, mas tente estabelecer metas possíveis. Não se sabote. Por exemplo, prefira “Quero ter mais tempo para lazer. Vou tentar ir ao cinema a cada 15 dias” a “Quero ter tempo para lazer todo dia”.

4)    O  QUE VOCÊ GANHA E PERDE COM A META? =  Em toda escolha, na vida, ganhamos e perdemos algo. Os ganhos, geralmente, são mais fáceis de ser identificados. Entretanto, as perdas também precisam ser consideradas para que você não arme uma armadilha para si mesmo e tenha prejuízos no longo prazo. Alguns exemplos de perdas que podem acontecer durante ou após o processo de concretização de suas metas são:

a.    Perda de dinheiro ao investir na meta com cursos, contratação de profissionais especializados, etc;

b. Perda de tempo para você;

c.    Desgaste da sua saúde e, portanto, maiores gastos com médicos, remédios e faltas ao trabalho que significam menos tempo dedicado a realização da meta;

d.    Redução no tempo de convívio com familiares e/ou amigos. Consequentemente, mais chances de se sentir insatisfeito no cotidiano;

e.    Redução na aquisição de bens materiais para você e sua família por estar no momento investindo dinheiro na meta.

5)    COMO SABERÁ QUE CONQUISTOU SUA META? = Defina quais serão as provas de que você conquistou sua meta. Por exemplo, prefira evidências como “Ser elogiado por um serviço; ser requisitado para uma tarefa de alta complexidade ou conseguir uma promoção no trabalho” ao invés de “Ser mais reconhecido profissionalmente”.

Finalmente, vale lembrar que, além de traçar as metas, é preciso também ter um bom planejamento. Quem planeja ganha tempo na execução. O coaching é uma ferramenta que pode ajudar nesse aspecto. O  Coach o ajudará na organização, definição e ordem de prioridades de suas metas. Além disso, também identificará e desenvolverá as suas competências/habilidades para alcançar a meta. Geralmente, o processo tem duração de 4 a 16 sessões semanais que podem ser presenciais, via skype ou por telefone.

Referência Bibliográfica
Santos, Alexandre Henrique. “Planejamento Pessoal: Guia para alcançar suas metas” Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.

Viviane Sampaio. Psicóloga e Coach. Trabalha na Vila Mariana em Sao Paulo – SP. Whatsapp/celular.: (11) 9-9808-3718,   e-mail vs@vivianesampaio.com.br ou skype clinicavivianesampaio

 

topo

© 2011 – 2017. Todos os direitos reservados - contato@vivianesampaio.com.br

design: thaisvilanova